Pra elas é fácil

Se você é tão imprestável na cozinha quanto eu, com certeza já deve ter tentado seguir uma receita básica. Se realmente é tão ignorante quanto eu, percebeu que esses livros não foram escritos pensando em nós, pobres criaturas ignorantes e sem préstimo algum quando se trata de culinária. Se o seu rendimento na arte da culinária está entre “péssimo” e “sofrível”, se você não é capaz de fazer um arroz decente sem empapar nem queimar, se um simples chá sai uma porcaria e um Miojo acaba virando “minojo” nas suas santas mãozinhas, alegre-se! Você não está sozinha! Aqui é o seu lugar!

Anúncios

Tags: ,

7 Respostas to “Pra elas é fácil”

  1. Sonia da Rocha Lima Says:

    Nunca comprei um livro de receitas culinárias porque sempre tive a certeza que nasci burra para cozinha.
    Olha,para falar a verdade não tenho o menor jeito para dona-de-casa.Pior que ainda sou toda organizada e odeio sujeira.
    Considro esse meu maior defeito como mulher.
    Não mereço!Mas…os congelados estão por aí mesmo!
    Bjsss…

  2. zailda Says:

    Também apelo para os congelados sempre que possível. Poderia ser SEMPRE mas dizem que não é saudável e meu marido gosta do que é saudável. Homens, bah!

  3. Dany Says:

    Olha eu até arranho na cozinha..pra mim eu até consigo fazer uma gororoba comestivel..
    Mais inventei de casar…Meu marido gosta de comer bemm..
    E eu cada vez q q penso em ir pra cozinha me apavoro..alé dele ser mais velho…já foi casado …
    Ae eu fico me cobrando e me comparanduu…
    O lutáh!!
    Agora estou a busca de receitinhas faceis…ainda bem q eu naum precisei fisgar pelo estomago!!…rsrs

    Bjuzz

  4. Pedro Says:

    Meu nome é Pedro, tenho 19 anos, como podem perceber pelo meu nome eu sou um homem (não sou gay, antes que perguntem oque um cara ta fazendo num lugar como esse), sempre quiz aprender a fazer qualquer coisa (de comer) na cozinha, ja tive problemas parecido com os que eu li aqui (e dei muita risada).

    Também odeio receitas (elas não funcionam) pq elas explicam muito mal.

    Minha mãe desistiu de me ensinar a fazer qualquer coisa de comer nos primeiros 5 minutos de “aula”, sendo que eu ia (tentar) fazer arroz, mas como não deu, ela ia me ensinar a fazer salsicha (acho q é cozinhar salsicha, não tenho certeza, só sei que obviamente não é fritar e nem assar). Dividindo minha experiência com vcs, foi algo assim:

    mãe: pega uma panela e põe a salsicha e água dentro.
    eu: qual panela? pode ser qualquer uma?
    mãe: qualquer uma que caiba a salsicha!
    eu: tem que caber todas uma do lado da outra ou tanto faz?
    mãe: deixa que eu pego a panela. agora põe as salsichas e a água.
    eu: num tem que ser primeiro a água, ou num faz diferença?
    mãe: tanto faz, coloca logo isso ai!
    eu: ta, vo por primeiro a salsicha. agora coloca água até aonde?
    mãe: como assim?!
    eu: tem que cubrir a salsicha, tem q ficar até a metade, como é?
    mãe: deixa q eu coloco a água. agora coloca no fogão e liga ele.
    eu: em qualquer espaço ou tem um cantinho certo?
    mãe: é tudo igual!
    eu: pode por nessa ‘rodinha’ maior?
    mãe: coloca logo a panela no fogão! agora liga ele.
    eu: hmm.. gira o botão até aonde?
    mãe: vai ver tv.
    eu: mas e…
    mãe: vai ver tv.
    eu: … *indo pra sala*

    • Zailda Coirano Says:

      kkkkkkkk
      Agora fui eu que morri de rir. Sua mãe não tem paciência mesmo. Deve ser daquelas que têm a maior facilidade, por isso não compreendem nossa dificuldade.
      Você está certo, a gente quer saber os detalhes, eles vão ensinar crentes que já sabemos 90%! Assim não é ensinar, não é mesmo?
      Adorei sua história. Quer entrar para o cluble?
      Zailda Coirano

  5. Ro souza Says:

    Nossa! adorei encontrar vc. Disse tudo o q penso, sinto as mesmas coisas.
    Nao imaginei q existissem outras pessoas assim como eu q nao entendem o funcionamento das comidas e sofrem p viver com a necessidade de fazê-las toda dia. Realmente os livros sao p quem ja entende alguma coisa. To te seguindo agora nessa aventura pela culinária.

  6. Graça Says:

    Depois do q li já não me sinto tanto uma ave rara! lol Todas as pessoas q conheço (homens e mulheres) sabem cozinhar e eu, q nem sei nem gosto, até me sinto mal!
    Não sou casada mas tb tenho q comer e chega a um ponto q comer sempre as mesmas coisas (o pouco q sei fazer) cansa! Para além de q entre amigos temos o hábito d cada vez irmos comer a casa d um, e eu não posso fugir eternamente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: